Março Mês da Mulher

A promoção de uma participação mais ativa da Mulher nas eleições, visa, incentivar a participação cívica quantitativa e qualificativa da mulher conferindo mais qualidade a Democracia, incentivando o respeito e cultivo dos princípios do regime democrático.

 Nesta sequência, a CNE escolheu as comunidades rurais para a realização de atividades alusivas às efemérides do mês de março, dia 7 de março - Dia Internacional da Mulher; e 27 de Março –  Dia da Mulher Cabo-Verdiana.

A aproximação da CNE do público rural feminino implicou o envolvimento e o engajamento das associações comunitárias, especificamente, os lideres comunitários, através do qual fez-se a mobilização e a organização das atividades.

Essas atividades contaram com a participação, das instituições que trabalham diretamente com a causa da condição feminina e igualdade de género, designadamente, a ICIEG, a OMCV, MORABI, a Rede de Mulheres Parlamentares, a Associação Cabo-verdiana da luta contra violência Baseada no Género, a ACLCVBG, a ONU Mulheres, que aproveitaram o painel para dirigirem – se ao público com mensagem motivadoras e informações. Também as Comissões de Recenseamento Eleitoral locais e Delegacias de Saúde Locais, os representantes dos partidos políticos e as câmaras municipais participaram em algumas atividades.

Nesta primeira fase, foram realizadas atividades em 4 (quatro) localidades da ilha de Santiago, sendo estas: Ribeira Grande de Santiago, Ribeira da Barca e Saltos.

As atividades foram realizadas no formato de feiras, onde, além da CNE fazer a sua intervenção de sensibilização, esclarecimento e informações sobre as eleições, de – se espaço às diferentes instituições presentes para apresentação de temas alusivos a mulher, fez – se exposições de artigos e informações institucionais; e uma parte lúdica que ficou ao encargo das batucadeiras locais cujas letras das músicas foram de cariz cívico - eleitoral e de incentivo à participação da mulher na vida politica do País.

Atividade realizada em Ribeira Grande de Santiago

Realizada no dia 04 de março, a atividade promovida pela CNE na Ribeira Grande de Santiago, foi o resultado de um trabalho de colaboração e parceria entre a CNE e o grupo de batucadeiras “Nós Herança”, que fez a mobilização das mulheres locais, da CRE, da MORABI, da Rede de Mulheres Parlamentares, da ACLCVBG e da delegacia de saúde. Tendo a Delegacia de saúde realizado o rastreio e despiste de diabetes e medição de tensão arterial.

Participaram nesta atividade mulheres provenientes da Cidade Velha, Alto Gouveia, São João Batista, Santana, Pico Leão, Belém, Tronco, Salineiros, São Martinho Grande e Porto Mosquito.

 A atividade ainda contou com a participação especial do grupo de Batucadeiras de Figueira da ilha do maio dando espaço para um intercâmbio cultural entre os grupos.

Atividade realizada em Ribeira da Barca

A Atividade realizada na Ribeira da Barca teve lugar no dia 10 de março, sendo que, para a mobilização local, a CNE contou com a colaboração da associação comunitária desta localidade, da CRE, MORABI, OMCV e da Delegacia de saúde na vertente IEC (Informação, Esclarecimento e Comunicação).

Participaram desta atividade mulheres oriundas das seguintes comunidades: Charco, Achada Leite Ribeira da Barca e Ribeirinha Cima.

Atividade realizada em Saltos

Foi realizada no dia 18 de março, e a semelhança das outras localidades, a mobilização das mulheres locais foi feita através da colaboração da associação comunitária local, sendo que, também colaboraram ainda com a CNE, a CRE, MORABI, OMCV, ONUMULHERES, ACLCVBG e delegacia de saúde também na vertente IEC (Informação, Esclarecimento e Comunicação).

Participaram neste evento mulheres das localidades de Pingo Chuva, Saltos Acima, Saltos Abaixo e Ponta Salto.

Ilha do Fogo

Comemoração do dia Internacional da Mulher na comunidade de relvas – mosteiros/ ilha do fogo.

No âmbito da comemoração do dia internacional das Mulheres, a Comissão Nacional de Eleições, em colaboração com a Escola de Relvas do Agrupamento I, realizou no dia 05 de março de 2017 na comunidade de Relvas, uma palestra sobre o tema” Mulher versus Construção e Reforço da Cidadania Participativa”, onde participaram 44 (quarenta e quatro) mulheres.

A palestra teve como objetivo ressaltar a importância da participação da mulher na consolidação da democracia, assim como a importância do exercício do direito de voto no processo de consolidação democrática e desenvolvimento do País.

Também durante a palestra transmitiu-se algumas noções básicas sobre o processo eleitoral, deu – se a conhecer a CNE, sua composição e as suas competências.

CNE - Todos os direitos reservados
searchclosearrow-circle-o-downfacebook-squarebarsellipsis-vyoutube-playsoundcloud